Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A hipócrita caça ao Alberto João

Segunda-feira, 19.09.11

Se há coisa que me tira do sério é a hipocrisia. Hipocrisia significa fingir virtudes, crenças e sentimentos que afinal não se tem. Ora perante esta explicação nada mais apraz dizer senão: os nossos governantes são doutorados em hipocrisia. Num país em que se chamam “doutores” a meros licenciados porque “doutores” de verdade eles nunca serão, os políticos batem recordes na capacidade de se doutorarem, nada mais, nada menos, do que em hipocrisia. Tenho assistido estes dias a uma verdadeira caça a um homem, homem esse Alberto João Jardim de seu nome, homem esse sempre conhecido pelo seu temperamento sarcástico e rebelde, homem esse que governou a Madeira como da sua casa se tratasse, homem esse que mais claro nos procedimentos e maneira de estar na vida não podia ser. E é neste último ponto que entra a hipocrisia. É que agora os excelsos governantes, e afins, da terra tuga vêm dizer que desconheciam por completo a condição económica do arquipélago madeirense. Desculpem lá as mentes mais sensíveis mas eu não acredito! E não só não acredito que desconhecessem o tal “buraco” nas contas do Alberto João, como ainda ouso dizer que além de conhecerem o tal o “buraco” alguns contribuíram também para torna-lo maior.  Esta mania que as pessoas têm de fugir com o rabo à seringa enerva-me, tanto quanto o facto de se aproveitarem de alguns aspectos para “bater no ceguinho” e pintar o quadro à sua maneira. Não sou fã do Alberto João mas há uma coisa que sou: adversa aos hipócritas e falsos moralistas. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Lígia Laginha às 11:45


2 comentários

De Pedro Neves a 20.09.2011 às 09:17

Pode haver aqui falsos moralismos, mas nunca no Continente tivemos, por muito maus que sejam, governantes a fazer batota, a esconder dividas e a fazer lembrar a Grecia. Defender o indefensável torna-se ridiculo. AJJ é uma vergonha para o país.

De Lígia Laginha a 20.09.2011 às 09:36

"nunca no Continente tivemos, por muito maus que sejam, governantes a fazer batota, a esconder dividas e a fazer lembrar a Grecia"

Não? De certeza?

O que não falta entre governantes "continentais" são batoteiros.

Defender o indefensável? Não me parece! Só estou a dizer uma coisa simples: SÃO TODOS UNS HIPÓCRITAS E ALDRABÕES!

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930




comentários recentes

  • Jaly

    Parabéns!Por um lado fico contente por ter alguém ...

  • Lígia Laginha

    "nunca no Continente tivemos, por muito maus que s...

  • Pedro Neves

    Pode haver aqui falsos moralismos, mas nunca no Co...

  • energia-a-mais

    Bem, concordo que este «Magalhães» não teve grande...

  • LauraBM

    Confesso que me diverti a ler este artigo.Ia inici...

  • Francys Rafael...

    Amor...e uma coisa inesplicavel.Acontece quando a ...

  • Janayna

    Amor e uma coisa maravilhosa.E gostar... e querer....

  • viagra without prescription

    Este é um dos blogs mais incrível Ive lido em um t...

  • kamagra

    Seu blog tem algumas das informações mais fascinan...

  • kamagra

    Seu blog tem algumas das informações mais fascinan...